CURINGA 49

R$ 70,00

INDICE

 

CARTAS NA MESA

12 O bom uso do semblante e o real que resiste

Helenice Saldanha de Castro

 

INTERNACIONAL

22 O que resta da crença?

Alfredo Zenoni

 

INTERPRETAÇÃO E REAL

38 Não há interpretação sem o inconsciente

Jésus Santiago

47 Uma ovelha desgarrada: a fic(x)ção de um descolamento

Fernanda Otoni Brisset

55 “Fazer surgir a falha que a frase denota”

Ana Lydia Santiago

60 A interpretação do sonho na experiência psicanalítica

Antonio Beneti

65 Interpretação: os sonhos em minha prática

Simone Souto

70 Interpretar a ambiguidade do que se cifra no sonho

Luciana Silviano Brandão

76 A produção de um significante novo na prática analítica

Samyra Assad

81 O sonho da Injeção de Irma: quando a interpretação toca o real

Laura Rubião

89 O real do tempo: trauma, repetição e acontecimento

Frederico Feu de Carvalho

96 Entre sonho e despertar… Um acontecimento

Lucíola Freitas de Macêdo

 

RESSONÂNCIAS DO PASSE

108 O término e meu momento de concluir: entre escrita e leitura

Alejandro Reinoso

114 O ventríloquo e a biruta analítica: duas versões do corpo falante…

no momento de concluir

Sérgio Laia

 

EXTIMIDADES

124 Entrevista com Nuno Ramos

 

CARTEL

154 O cartel, um modo de se enodar com o Um: laço e saber

Clara M. Holguín

 

RADAR

170 Peças soltas sobre o Passe e a Política

Oscar Ventura

 

Em estoque

Comparar

Descrição

A revista Curinga é uma publicação impressa e semestral da Escola Brasileira de Psicanálise – Escola de Campo Freudiano – Seção Minas Gerais.

 

Sua proposta é publicar, dentro do espectro do programa de investigação em curso nas atividades da Seção Minas, artigos de autores do Campo Freudiano e outros interlocutores, possibilitando a ampliação da transferência de trabalho e a transmissão da psicanálise. A revista é composta por diversas rubricas, algumas permanentes, outras itinerantes. Dentre as primeiras estão a seção Carta na mesa, composta por textos que refletem a atualidade política e/ou epistêmica da psicanálise; Internacional, que recolhe contribuições de colegas estrangeiros; Extimidad que vista fomentar a articulação do saber da psicanálise a outros domínios epistêmicos, a Radar que marca o que está no horizonte, o porvir de trabalhos de interesse comum no âmbito da EBP-MG, EBP e AMP e, ainda, uma seção temática constituída pela maioria dos textos que dão corpo e título a cada número. As rubricas itinerantes recolhem frutos de atividades propostas em nossa Seção tais como Biblioteca, Cartéis e Supervisão: efeitos de formação.

 

Informação adicional

Peso 360 g
Dimensões 230 × 170 × 15 mm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “CURINGA 49”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *