AMORES LOUCOS. A DEVASTAÇÃO MATERNA E NAS PARCERIAS AMOROSAS

R$ 45,00

Para Freud, a devastação estaria relacionada ao destino do falo na menina. Lacan avança mais além dessa articulação fálica, ao perceber que o falo não satura o campo do gozo na sexualidade feminina. O termo devastação aparece como consequência da inexistência de um significante que defina A mulher. Neste livro, o depoimento de um passe e a análise de um romance literário revelam algumas possíveis saídas para a devastação, no caso de qualquer sujeito que se depare com a ausência do significante d’A mulher.

Palavras chaves: gozo fálico, gozo feminino, devastação, parcerias amorosas

Em estoque

Comparar
SKU: XXIIIEBCF008 Categorias: , Tag:

Descrição

ÍNDICE

Prefacio de Márcia Rosa

Introdução

O Laço pré-edípico e suas consequências
A fúria do amor materno
O falo: presença de uma ausência
Quando as águas inundam: o gozo feminino
Entre o porto seguro e o além-mar
Devastação e trauma: onde as águas se encontram
Parcerias amorosas: entre sintoma e devastação
A travessia de Duras
Uma terra aberta ao mar
O exílio do gozo
O amor inscrito na lógica do não-todo e a devastação
A ancoragem
Conclusão
Referências

 

Informação adicional

Peso 184 g
Dimensões 210 × 140 × 8 mm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “AMORES LOUCOS. A DEVASTAÇÃO MATERNA E NAS PARCERIAS AMOROSAS”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *