Exibindo 13–21 de 21 resultados

Fundamentos da prática lacaniana – risco e corpo

R$ 38,00

“Fundamentos da prática lacaniana: risco e corpo”, de Angelina Harari, aborda a prática da psicanálise de orientação lacaniana e seus fundamentos, confrontando-os com os desafios da contemporaneidade, que nos convocam a buscar novas soluções para os impasses com que nos deparamos cada vez mais: os novos sintomas, que parecem ir na contramão da prática da palavra como tratamento, em especial as toxicomanias. Como a autora aborda esse desafio?

Palavras-chave: lacan, psicanalise, lacaniana; corpo, risco, relicario

O que esse menino tem? – sobre alunos que não aprendem e a intervenção da psicanálise na escola

R$ 38,00

Este livro surgiu do desejo de divulgar possíveis ações do psicanalista no campo da Educação, mediante intervenções, propostas pela professora Ana Lydia Santiago, que se baseiam na teoria da inibição intelectual e na Clínica Pragmática, prática de aplicação da psicanálise. Tais ações visam, essencialmente, a destrinchar o sintoma do fracasso escolar ou, mais precisamente, incidir sobre formas sintomáticas que se manifestam em crianças e jovens durante a trajetória escolar e resistem a quaisquer intervenções pedagógicas implementadas, a ponto de inviabilizar, muitas vezes, a própria escolaridade.

Palavras-chave: educação, escola, psicanalise, relicario

O TEMPO E A CURA NA CLÍNICA PSICANALÍTICA

R$ 60,00

Ao abordarmos os aspectos distintos que o tempo possui na trajetória analítica, sobretudo naquilo que envolve o singular na lógica que estabelece a experiência com o inconsciente, trazemos a investigação que implica o tempo em sua relação com a matéria, a distância e o espaço no dispositivo analítico. Trata-se de investigar, a partir das intervenções dos colegas, o tempo sobre o qual a ética da psicanálise, a rigor, se sustenta, pelo viés do manejo que precipita a ascensão de um desejo em detrimento de uma garantia da paz.

OBJETO, GOZO E CORPO NAS TOXICOMANIAS E ADIÇÕES – UMA LEITURA PSICANALÍTICA

R$ 40,00

O livro é fruto de uma pesquisa teórico-clínica fundamentada na experiência com pacientes que recorrem ao uso de drogas  como forma de tratamento do sofrimento. A obra apresenta a leitura de uma investigação sobre as especificidades das toxicomanias e das adições, o estatuto do objeto e sua relação com o gozo e o corpo. Além disso, frente a uma variedade de usos e abusos do objeto droga, promove a discussão, a partir de casos clínicos, sobre a singularidade do recurso à droga em cada caso, considerando o tratamento possível pela psicanálise de orientação lacaniana.

Palavras chaves: toxicomanias, adições, objeto, gozo, corpo.

 

Esgotado

PSICANÁLISE – A CLÍNICA DO REAL

R$ 136,00

A obra organiza-se de acordo com os tempos de um tratamento analítico: a entrada em análise, a condução do tratamento, as dificuldades de percurso e os finais da análise. Seu conteúdo reflete um extenso debate sobre temas fundamentais à prática da psicanálise no século XXI: – Como se entra em análise? – Será a partir da relação do sujeito com seu gozo, que o faz se embrulhar com o real? – Como o analista desse novo tempo dirige o tratamento? – Uma análise é para saber mais de si, para errar menos, ou é para levar a pessoa a descobrir que o saber é sempre incompleto e que a vida é um contrato de risco? – Quais as dificuldades do caminho? – O que é um final de análise? – Como se dá o término de um tratamento? Com conteúdo editado pelo psicanalista e médico psiquiatra Jorge Forbes e organizado pela professora doutora e psicanalista Claudia Riolfi, os autores, todos pertencentes à rede dos Institutos do Campo Freudiano no Brasil, prioritariamente ao Instituto da Psicanálise Lacaniana, ousaram vir a público expor como estão pensando e praticando a psicanálise no século XXI.

VOCÊ QUER O QUE DESEJA?

R$ 56,00

os descompassos entre o homem e o mundo. O livro revela que nada que alguém possa querer é suficiente para satisfazer o desejo, como dizia Lacan: ?Desejar é sempre desejar outra coisa, a ponto de podermos agradecer a quem não nos dá o que foi pedido?. O livro alerta para o drama da passagem de época, da era industrial ? pai-orientada ? à era atual, da globalização, na qual nenhum padrão universal sobrevive e em que, mais do que antes, fica evidente a distância entre o eu e o mundo. O livro fala da angústia própria à decisão. Não há decisão que não seja arriscada e que não induza à perda. O mal chamado estresse nada mais é do que a consequência do medo de decidir, que provoca o empanturramento das opções. Esta nova edição, cujo título continua a ser um pouco complicado de se repetir mas não a sua mensagem, traz novidades importantes: um sumário mais completo, o índice remissivo, o índice onomástico e uma extensa bibliografia. Tudo isso para tornar ainda mais clara a pergunta: você quer, quer mesmo o que você deseja?

VOCÊ SOFRE PARA NÃO SOFRER?

R$ 54,00

Há quem considere estranha a colaboração da Psicanálise com a Genética, como é o caso deste livro. Isso porque a grande mídia tratou de as mostrar díspares: supostamente, a Psicanálise seria o reino da subjetividade; a Genética, o da objetividade. Dois mundos incompatíveis e em conflito, com vantagem para a Genética, da qual se espera respostas para todas as aflições humanas, em especial as do amor, do talento, do gosto, das vocações. A subjetividade estaria condenada à morte pelas letras do código genético de cada um. Maktub: ali tudo estaria escrito e determinado. Seria o fim da dúvida, a elevação do humano à categoria dos animais que não duvidam ? tal qual uma vaca, que nunca contesta. Maktub retira a responsabilidade do sujeito sobre o seu destino. O ser humano sempre buscou o lugar onde estaria escrita a sua história. Se ontem era nas estrelas, hoje é no genoma, no sequenciamento dos genes humanos que se busca o conforto do Maktub. No entanto, nem tudo está escrito.