Exibindo 1–12 de 150 resultados

RUÍDOS E SILÊNCIOS DA VIDA CONFINADA

R$ 77,00

A pandemia entrou em nossas vidas com o roteiro já escrito por Hollywood. Desde a moda dos disaster movies dos anos 70, não há um ano que a terra não seja destruída por cometas, terremotos, vírus e zumbis. Sem uma narrativa própria do horror, iniciamos a pandemia projetando nossos piores pesadelos no mundo existente no outro lado da porta. Rapidamente muitos hábitos mudaram, as casas passaram a ter suas portas manchadas pelo álcool e água sanitária, houve um boom dos serviços delivery e das vendas de produtos para home office. As redes sociais também mudaram. As selfies desapareceram, passamos ao mundo das lives, novo modo de mostrar que o corpo ainda está vivo. Custou um tempo para compreender que teríamos que inventar nosso próprio fim de mundo, sem trilhas sonoras, sem letreiros no fim nem grandes heróis. Nossos heróis dessa vez não morreram de overdose, morreram à deriva, abandonados por políticas que se afastaram da conversação democrática.

CORREIO 84

R$ 40,00

« Neste ano atípico, em que nossas vidas se agitaram e ainda se agitam com uma mudança imposta e aparentemente irreversível, seguimos nosso trabalho, tentando subjetivar, da melhor forma possível, os efeitos que se produzem. As relações sociais mudaram, nossa prática também foi forçada a mudar. Em um futuro próximo será possível dizer, espera-se, quais as decorrências, para a própria psicanálise, desse turbilhão que ainda nos atinge em cheio.

É desse modo que Correio 84, « Corpos que contam », se insere na cena da psicanálise: recolhendo traços e esboços de reflexões sobre como estão as coisas e como poderão vir a ficar; não há como fugir desse debate. »

Teresinha N. M. Prado.

SER MÃE

R$ 50,00

Mulheres Psicanalistas Falam da Maternidade.

MULHERES E DISCURSOS

R$ 60,00

SUMÁRIO

Apresentação

Maria Josefina Sota Fuentes

 

  1. Angústia
  2. Corpos
  3. Escondido
  4. Filósofos
  5. Homossexualidades
  6. Identidades
  7. Lágrimas
  8. Lantejoulas
  9. Mãe
  10. Miami
  11. Olhar
  12. Realismo
  13. Religião
  14. Sangue
  15. Segregação
  16. UOM
  17. Referências bibliográficas
  18. Sobre os textos

OPÇÃO LACANIANA Nº 21

R$ 25,00

Este número de Opção Lacaniana online nova série inicia tratando a questão da formação na Escola no notável texto de Jacques-Alain Miller, Teoria de Turim sobre o sujeito da Escola, quando apresenta uma perspectiva inédita do paradoxo da Escola e a aposta de Lacan: a de que seja possível uma comunidade entre sujeitos que sabem, por sua própria análise, o que é o Ideal e o que é a solidão subjetiva, constituindo a Escola não como um grupo, mas um coletivo de sujeitos solitários.

Na sequência, prestamos homenagem à falecida Marcia Mello de Lima, Membro de Escola da EBP, que promoveu, com seu estilo, um trabalho discreto, porém eficaz, de laço entre a transmissão da psicanálise na Escola e seu ensino formal na universidade. Seu texto demonstra que a Universidade e a Escola, em se tratando de psicanálise, não precisam ser consideradas, segundo o clichê, como instituições opostas e antagônicas. No artigo que publicamos, in memoriam, constatamos a clareza com que ela sustentava essa articulação difícil, porém necessária.

Outros textos relevantes dão brilho a esta edição. Dentre eles destacamos o de Miguel Bassols, O objeto (a)ssexuado, e o de François Ansermet, Paradoxos dos sinais discretos na psicose ordinária. O texto de Bassols nos ajuda a ler uma série de outros artigos que tratam das violências e paixões relativas ao objeto e ao gozo feminino, a devastação e algumas indicações valiosas sobre a prática da psicanálise em nossa época; já o texto de Ansermet nos direciona ao tema das psicoses que começamos a preparar para o Congresso da AMP em Barcelona (2018). Como não poderia faltar, às vésperas do XXI Encontro Brasileiro do Campo Freudiano em São Paulo sobre Adolescência, idade do desejo, vale a pena conferir o artigo A gente se vinga no Rock!

Esgotado

APOSTA NO PASSE

R$ 75,00

SUMÁRIO

 

PREFÁCIO

Angelina Harari

 

APOSTA NO PASSE

  1. A favor do passe ou dialética do desejo e fixidez da fantasia
  2. A favor do passe, Delenda
  3. Sobre o desencadeamento da saída de análise (conjunturas freudianas)

CLASSICISMO DO PASSE

  1. A pergunta de Madri
  2. “Logo, Eu sou isso”
  3. O avesso do passe
  4. Como alguém se torna psicanalista na orla do século XXI

 

PASSE E SINTHOMA

  1. Uma psicanálise tem estrutura de ficção
  2. O passe do falasser
  3. É passe?
  4. O ultrapasse
  5. Referências bibliográficas

15 TESTEMUNHOS DE ANALISTAS DA ESCOLA, MEMBROS DA ESCOLA BRASILEIRA DE PSICANÁLISE

  1. A via da perplexidade

Bernardino Horne

 

  1. A escritura do nome próprio: um ponto de báscula

Celso Rennó Lima

 

  1. O silêncio que se rompe

Lêda Guimarães

 

  1. A fórmula que não existe

Elisa Alvarenga

 

  1. Relato

Ana Lucia Lutterbach Holck

 

  1. Túnica íntima

Sérgio Passos Ribeiro de Campos

 

  1. Parceiros no singular

Angelina Harari

 

189.Coup de foudre

Ana Lydia Santiago

 

  1. “Toma!”

Rômulo Ferreira da Silva

 

  1. Como morder o mar

(ou na trilha sonora de uma análise)

Marcus André Vieira

 

213.Conjunto vazio

Ram Avraham Mandil

 

  1. O engodo viril

Jésus Santiago

 

  1. À sombra de uma sombra

Luiz Fernando Carrijo da Cunha

 

  1. Deixar-se escrever

Maria Josefina Sota Fuentes

 

  1. 1, 2, 3 e…

(em andamento vivace)

Sérgio Laia

Esgotado

O SONHO

R$ 55,00

Scilicet-Sonho

“Passamos nosso tempo a sonhar, não sonhamos somente quando dormimos”.

JACQUES LACAN – “O Momento de Concluir”

O sonho. Sua interpretação e seu uso no tratamento lacaniano é o tema escolhido  pela associação mundial de psicanálise para seu congresso bienal. O desafio é dar conta da prática contemporânea dos psicanalistas de orientação lacaniana em relação ao sonho. Portanto, este Scilicet visa ao cerne da prática analítica. Seu objetivo é o de definir a céu aberto a maneira pela qual os sonhos são analisados nos tratamentos de hoje em dia. Assim, prezado leitor, você poderá saber como o sonho é interpretado e qual uso se faz disso no tratamento.  Este volume é o oitavo da série Scilicet, cujo título é retomado da revista epônima criada por Jacques Lacan, que assim se dirigia a cada leitor: – “Tu podes saber”. Scilicet é uma ferramenta fundamental a serviço do saber exposto dos psicanalistas, mobilizada por ocasião de cada congresso da Associação Mundial de Psicanálise (AMP). Na abertura deste volume, temos a alegria de oferecer aos leitores de Scilicet um texto de Jacques-Alain Miller, “Despertar”, escrito em 1979.

1,2,3,4 TOMO I – LOS CURSOS PSICOANALÍTICOS DE JACQUES-ALAIN MILLER

R$ 169,00

Uma estrutura quadripartida é sempre exigida do inconsciente na construção de uma ordem subjetiva ”. Essa frase, extraída por Jacques-Alain Miller dos Escritos, orienta uma jornada esclarecedora pelo ensino de Lacan, seguindo uma continuidade inesperada ao invés de pontos de ruptura. O Lacan do significante e aquele que qualificou a lógica como a “ciência do real” se reúnem em uma fórmula de 1966: “o inconsciente procede da lógica pura”.

O curso traça um percurso, a partir de uma dialética articulada com a estrutura em torno de uma função de exclusão, passando por uma perfuração das modalidades que o lugar central do que não deixa de ser anotado, até que termina no impossível de verificar logicamente. , equivalente a “não há relacionamento sexual.” Este axioma decisivo, o reverso daquele que o fantasma aspira fixar, resulta de um percurso pelo que a escrita permite e pelas condições que ela exige. Também um passeio pelos lugares e modalidades por que passa o sujeito para dizer o que escapa a toda articulação em termos de verdade.

Assim, revela-se o aparato mínimo, necessário e suficiente para especificar a impossibilidade que está em jogo no caso da realidade. Miller destaca a estrutura quaternária das fórmulas de sexuação, revelando detalhes altamente iluminadores em sua construção.