Exibindo 25–36 de 94 resultados

OFÍCIO DO PSICANALISTA II: POR QUE NÃO REGULAMENTAR A PSICANÁLISE

R$ 60,00

 “FORMAÇÃO DO ANALISTA, LEI, INCONSCIENTE, ÉTICA DA PSICANÁLISE”

Esse livro é resultado do trabalho de luta contra a regulamentação da psicanálise, cujo início se deu no ano de 2000. São quatorze trabalhos das dezoito instituições que compõem o “Movimento Articulação das Entidades Psicanalíticas Brasileiras”, acompanhados de documentos importantes que fizeram parte desse processo, tais como cartas, resoluções, e outros registros. Quanto aos artigos, portanto, eles obedecem a algo inédito na história do movimento psicanalítico até então: orientações psicanalíticas institucionais diversas reunidas em torno de algo comum – manter a psicanálise fora dos ideais políticos e religiosos.

Essa batalha continua, e, tal como a formação do analista, parece que será permanente.

                                                                                                                                             Samyra Assad.

 

 

A CIDADE COM LACAN

R$ 50,00

Cinema / O feminino e literatura /Seus corpos e Mundos

A ETICA DO BEM DIZER NOS ESTUDOS LACANIANOS

R$ 41,00

A vertente mimética do jogo, viabilizada pelo teatro de comédia, tem a função de manter viva uma interrogação sobre os semblantes da cultura, ao mesmo tempo que promove uma nova inscrição para o domínio do gozo ou de todos os prazeres oblíquos caros à disposição humana. Essa nova inscrição autoriza a apresentação do homem, bem como de sua existência diminuta e de sua estreiteza. Assim, os grandes vícios da humanidade, entendidos pela psicanálise como sintomas, não encontram seu ponto de cura ou solução, mas devem impor-se como causa de um novo dizer, heterogêneo à lógica distributiva do bom senso ou do senso comum.

Esgotado

A FORMAÇÃO DO PSIQUIATRA

R$ 50,00

O livro que tem como eixo a psiquiatria clínica, a psicanálise e a saúde mental, é dividido em três partes. A primeira, contém textos teóricos de diversos autores; a segunda, se consagrada aos testemunhos daqueles que viveram a experiência de terem sido – atuais e antigos – residentes e preceptores do IRS; e por último, temos os quadros dos formandos, ano a ano até 2018.