BIBLIÔ 1 – 2da Série

por

A- / A+

A Biblioteca Una da EBP

A aposta que vem sendo sustentada no Uno que compõem o conjunto das 13 bibliotecas da EBP tem efetivamente permitido o crescimento de cada uma delas e favorecido os intercâmbios, conforme a orientação da Federação Internacional das Bibliotecas de Orientação Lacaniana, a FIBOL, fundada em 1990 por Judith Miller, da qual, direta ou indiretamente, todas as bibliotecas da EBP fazem parte.

Graças aos esforços da Diretoria anterior, atualmente temos 5 bibliotecas membros da FIBOL (EBP-RJ, EBP-MG, EBP-SP, EBP-BA, EBP-SC), um em vias de construção (EBP-PE), e as demais a ela indiretamente ligadas através da Diretoria e da Comissão de Bibliotecas, renovadas agora com a permutação.

Assumir a orientação da FIBOL para as nossas bibliotecas implica em tomá-las, não como o lugar de um refúgio onde se encontram os livros empoeirando na estante caduca, mas como um lugar da ação lacaniana em cada cidade, cujo objetivo principal é esclarecer a prática lacaniana àqueles que se interessam pela psicanálise, dentro e fora deste campo, como também articular o trabalho em intensão e extensão, buscando nas fronteiras o lugar fecundo para debates e críticas que aportem à psicanálise novas perspectivas, constantemente renovadas com as mudanças na cultura.

Para tanto, a FIBOL estabelece uma política de aquisições que visa dispor ao leitor a gama mais ampla possível de volumes das obras de Freud e Lacan, bem como das suas referências, do trabalho dos seus alunos e discípulos publicados no Campo Freudiano, e das publicações advindas das disciplinas afins – o que requer um trabalho permanente de recenseamento do campo freudiano.

Por outra parte, a biblioteca como lugar privilegiado de interface com as demais disciplinas, das artes à ciência, deve promover debates, apresentações, conferências, para discutir, polemizar, e assim beber de novas fontes para transmitir a psicanálise e deixar-se ensinar.

A orientação política da biblioteca estabelecida pela FIBOL – que vocês podem ler no texto de apresentação de Judith Miller no nosso site: http://ebp.org.br/biblioteca/fibol-por-judith-miller/ – é o pilar que sustenta nossas ações no âmbito da Diretoria de Bibliotecas da EBP.

Maria Josefina Fuentes (Diretora Secretária da EBP)
Tânia Abreu (Coordenadora da Comissão de Bibliotecas da EBP)

BIBLIÔ 1 – 2da SERIE