Fale conosco: (71) 3235-9020

Sobre a EBP - Bahia

A Escola Brasileira de Psicanálise – Seção Bahia é uma das seis Seções da Escola Brasileira de Psicanálise. Fundada em 1995, a EBP é uma das Escolas da Associação Mundial de Psicanálise – AMP e “inscreve-se no movimento de reconquista do Campo Freudiano lançado por Jacques Lacan no dia 21 de junho de 1964, ao fundar sua Escola”.

A sede da Escola é permutada a cada dois anos entre as Seções. A atual sede, pelo biênio 2013-2015, se encontra aqui na Bahia.

A EBP – Bahia tem por objetivo estudar, difundir e desenvolver a teoria e a prática da psicanálise a partir do ensino de Lacan. A Escola de Lacan tem o compromisso de manter a descoberta freudiana viva e atualizada respondendo aos desafios dos tempos de hoje. A EBP – Bahia, dentro do contexto da EBP e da AMP, dá ênfase à formação permanente de seus membros através de diversas atividades, em especial os Seminários de Orientação Lacaniana, da análise pessoal e da supervisão.

As atividades da EBP – Bahia, em geral, estão endereçadas a todos aqueles que se interessem em participar e são sustentadas por membros e aderentes. Contamos com os pequenos grupos de trabalhos, denominados de cartéis, que servem tanto de porta de entrada na Seção como o lugar onde membros, aderentes e correspondentes desenvolvem suas pesquisas teóricas e clínicas.

Diretoria da Seção Bahia

DIRETORA GERAL – Analicea Calmom

Diretor Secretário Tesoureiro – Nilson Cerqueira

Diretora de Cartéis  – Sônia Maria de Araujo Vicente

Diretora de Biblioteca – Ana Stela Sande

Presidente do Conselho – Sônia Maria de Araujo Vicente

Secretário do Conselho – Iordan Gurgel de Oliveira