BIBLIÔ 27

por Vários autores

A- / A+

EDITORIAL

Não há leitura adequada sem por à prova a transmissão. “Leitura” e “transmissão” são os significantes que dão o contorno deste Bibliô n. 27. Estamos assistindo à morte da leitura tradicional, aquela do livro impresso, onde a magia estava no seu manuseio? Qual seria a função de uma biblioteca se ela não ajudasse a promover o encontro com o livro? É preciso tirar o livro da estante! Mas, o que se lê do que se escreve? A leitura não é uma só. Na perspectiva de estimular a leitura e releitura de textos fundamentais da obra de Freud e de Lacan, e advertidos de que a leitura em Psicanálise não deve tratar de circunscrever o real, mas sim de buscar os pontos onde este impossível pode formular-se, a Biblioteca da Seção Bahia criou o espaço dos Ateliês de Leitura. No texto escrito a quatro mãos, em Acontece, a colega Carla Fernandes e eu falamos deste novo espaço e de como acreditamos que a transmissão só acontece no um a um.

Os efeitos que a leitura pode provocar em cada um de nós encontra-se bem traduzido nos textos dos colegas Lucíola Macêdo (MG), Luis Francisco Camargo (SC) e Tânia Abreu (BA), que convidamos para nos contar um pouco sobre esse “acontecimento”: os livros que marcaram a sua formação. Convidamos você, leitor, a embarcar nessa deliciosa viagem no tempo, com eles, lendo a rubrica Assuntos Livrescos.

E o que acontece quando lemos um romance? Quando abrimos uma janela, quando vemos o mar pela primeira vez, cheiramos uma flor que não conhecíamos, nos deparamos com o mais lindo pôr do sol ou experimentamos um sabor inédito, isso provoca uma experiência única de sensações, que são apenas nossas… Acontece também quando lemos um livro! Mas, e quando o assunto é o amor…? A literatura disponível no circuito comercial nos limita a estórias de um amor idealizado, fazendo a relação sexual existir. Trazemos, ainda em Assuntos Livrescos, pequenas resenhas de clássicos romances que falam do amor, na sua vertente mais próxima do real, cheio de vícios, ciúmes, paixões, enganos e mentiras. Os colegas Daniela Araújo, Júlia Solano, Luiz Felipe Monteiro e Rogério Barros nos presenteiam com as suas traduções desse material.

Confiram ainda alguns links interessantes em Surfando, que trazem muito mais sobre bibliotecas, livros e peças de teatro.

Mônica Hage
Diretora da Biblioteca Seção Bahia, AMP/EBP – Bahia


Download BIBLIÔ 27