Fale conosco: (71) 3235-9020

Diretoria e Intemcâmbio

O cartel é um dos dispositivos de base da Escola de Lacan e deve funcionar como porta de entrada para a Escola. Compõe-se de três pessoas no mínimo e de cinco no máximo, sendo quatro a medida considerada certa, que se reúnem e escolhem Mais Um que, sendo qualquer Um não pode ser ninguém, nos indica Lacan. O Mais Um deve zelar pelos efeitos internos e provocar a elaboração. Resgatamos aqui a passagem de “D’Ecolage” na qual Lacan acentua o lugar do cartel como órgão de base da Escola: “Restauro em seu favor o órgão de base retomando a fundação da Escola – ou seja, o cartel – do qual, feita a experiência, aprimoro a formalização”. Seus componentes se escolhem em torno de um assunto de interesse comum, a partir do qual cada um recorta sua própria questão. Ao final de dois anos de trabalho devem se desanodar, expondo o produto de cada um. Podem participar de um cartel aqueles que praticam a psicanálise ou queiram estudá-la, sejam Membros da Escola ou não, desde que consintam com sua declaração à Escola. Os cartéis são da Escola.

O Cartel tem funcionado especialmente como um dispositivo que produz laço entre a Escola, o Instituto e as pessoas que estão aproximando-se da Orientação Lacaniana.

As atividades de Intercâmbio têm sido um espaço de interlocução e debate entre a Seção e diversos setores da cidade, a partir da Conversação sobre temas da atualidade. As parcerias têm ocorrido com outras Diretorias e as instâncias do Campo Freudiano, Cien e Cereda e Fapol

Cartéis

Como foi salientado no item anterior os cartéis funcionam como dobradiças entre nossas instâncias e hoje temos cartéis relâmpagos no Curso de Especialização em Psicanálise de Orientação Lacaniana do IPB, que não chegam a serem declarados, mas são efetivos em sua função.

Temos 05 (cinco) cartéis da Rede Assistencial que funciona sob a modalidade de cartéis.

Temos 05 (cinco) cartéis inscritos na rubrica Clínica: teorias e prática, sendo necessária a declaração de 02 deles.

A Comissão de Cartéis da EBP/Ba (abaixo descrita), constituída em 2018, tem como uma de suas funções acompanhar e incentivar não só a formação de novos cartéis, mas a declaração dos já existentes.

Comissão de Cartéis da EBP/Ba 

  • Tânia Abreu
  • Júlia Jones
  • Tatiana Ferreira.